Plantas, Folhas e flores de Chá e de Tisanas


Bergamota (Monarda didyma, citriodora, fistulosa)Monarda

O chá feito de folhas de flores tem um sabor levemente amargo, mas é calmante e refrescante.

Calendula ou maravilha (Callenda officinalis)Calendula_officinalis_L

As cálidas flores alaranjadas desta planta dão uma tisana muito bonita, mas um tanto amarga; é preferível fazê-la fraca e adoçá-la, ou então juntar-lhe algumas flores de Calendula a uma tisana de erva-luisa.

Chá oolongOolong_tea_leaf

O seu nome provem das palavras chinesas wu (preto) e lung (dragão), os oolongs combinam as qualidades dos chás pretos e verdes. Os melhor conhecidos (na opinião de alguns especialistas) e os melhores chás são os da Formosa, com a sua cor intensa âmbar e o seu magnífico sabor frutado. Também é muito apreciado o característico Puochong, que é um oolong misturado com flores muito perfumadas, tal como jasmim e gardénia.

   Muito melhor do que outros países (incluindo a China) na cultura de oolongs, a Formosa é a única excepção à regra da altitude: nesta ilha sub-tropical, os melhores chás obtêm-se nos solos amarelos e argilosos das teela, ou terras quebradas, muitas das quais se encontram ao nível do mar. Os oolongs de melhor qualidade, mais ricos e dourados, provêm das colheitas de verão.

 Black-tea

Chá preto  Chá preto

Ricos, aromáticos e de sabor pleno, os chás pretos representam a maior proporção das vendas internacionais. A oxidação que se produz durante a fermentação é em grande medida a responsável pelas suas características como o sabor, a força, a cor e o corpo, que dependem todas as modificações químicas que se produzem no tanino do chá e da evolução dos óleos essenciais durante o processo. Quanto mais longa é fermentação do tanino, mais cor adquire um chá e menos acre é o seu gosto, de modo que um chá preto pode na realidade ter pouco acrimónia ou, em termos de vocabulário desta indústria, adstringência sem amargor.

Os chás pretos classificam-se pelo tamanho da folha, em chás de folha inteira – os que têm folhas grandes, que libertam mais lentamente a cor e o sabor e dão uma infusão mais leve e odorífera –  e os chás de folha quebrada, que incluem as folhas mais pequenas e rotas, os que dão uma infusão mais forte, mais escura e de preparação mais rápida.

Entre os chás de folha, a denominação Orange Pekoe significa que as folhas são compridas e bem definidas, misturadas por vezes com algumas pontas ou capulhos. (Mil anos atrás, o termo Pekoe, que significa “encanecido” aplicava-se na China aos chás que apresentavam um toque alvacento nas folhas e aos quais se juntavam, para que fossem mais odoríferos, flores de laranjeira, mas o nome não denota já tão agradável costume. A variante chamada Pekoe, com folhas mais pequenas e mais enroladas produz uma infusão mais escura, mas não necessariamente mais forte do que os chás Orange Pekoe, Souchong, a folha maior e mais tosca, dá um chá pálido e de sabor mais acre.

Entre os chás de folha quebrada, o Brokem Orange Pekoe, que dá chávenas de chá forte e de boa cor, é o que se usa com mais frequência. O Fannings é muito mais moído e dá uma infusão forte e rápida, tal como o Dust, o mais moído que se produz.

Entre os pretos destaca-se o Keemun, um chá aromático e de muito corpo, do Norte da China, que com o seu bouquet penetrante, é uma boa alternativa para o café depois das refeições; e o denso Lapsang Souchong, com seu sabor fumado, proveniente do Sul da China e da Formosa e que fica muito melhor com limão.

Os chás clássicos da Índia incluem o Darjeling, cultivado em altitude, que é um dos chás mais apreciados do mundo, dá uma infusão de cor dourado-avermelhada com um aroma penetrante e delicioso, e o Assam de sabor pleno, forte e malteado. Os chás de Ceilão são geralmente mais suaves que outros chás pretos e as variedades de cultivo de altitude distinguem-se pela sua força, delicadeza do sabor e perfume aromático. O Dimbula é um chá de Ceilão rico e suave, bom para beber à noite. Os chás indonésios são comercializados principalmente pelos holandeses.

Chá verdePlantação_de_Chá_Gorreana,_Camellia_sinensis,_Ribeira_Grande,_ilha_de_São_Miguel,_AçoresChá verde

Proveniente principalmente da China, Japão, Formosa e Açores o chá verde é muito refrescante. Diz-se que ajuda a digestão e serve-se frequentemente com comidas fritas ou muito condimentadas. Tem um sabor discreto e muito subtil e dá uma infusão de um verde-dourado-pálido; mas quando se fala de chá verde, o ser pálido não significa que lhe falte força; quanto mais leve é a infusão mais jovem a folha e melhor a bebida.

O chá verde trata-se ao vapor e seca-se com calor, mas sem fermentá-lo, classifica-se pela idade, tanto como pelo tamanho da folha. Os melhores são o Gunpowder – folhas tenras, enroladas formando bolinhas – e o Young Hyson, de folhas compridas e ligeiramente enroladas. Outras variantes são o Imperial, no qual as folhas formam bolinhas mais soltas, e o Hyson mistura dos dois últimos.

Entre os chás chineses verdes, devem procurar-se os do tipo de folhas tenras e moles, que dão um chá famoso pelo seu sabor e transparência, e o Dragon Well (poço do dragão), que tira o nome de uma fonte dos arredores de Hang-chow e que se considera o melhor chá verde da China.

O Japão, que satisfaz grande parte da procura dos chás verdes dos Estados Unidos, cultiva as suas melhores variedades no distrito Yamashiro, próximo de Kyoto. Lamentavelmente, o mais apreciado, o Gyokuro ou «Pearl Dew» não se exporta normalmente, como tão pouco a folha que se usa para Mattcha, o chá cerimonial japonês, a maior parte do chá do Japão é Sencha ou chá «ordinário», que se exporta torrado e é delicado, de cor clara e semelhante ao Young Hyson da China, e o de folhas compridas, que torradas por outro sistema, adquiriram uma cor verde-oliva-escura.

Os chás verdes da Formosa classificam-se em: Special Chun Mee, Chun Mee, Sow Mee e Gunpowder.

Erva-Luisa, Bela-Luisa ou Lúcia-Lima (Lippia citriodora)Aloysia_citrodora_002

Das suas folhas com aroma a limão faz-se um chá delicioso, de sabor muito cítrico e excelente para a digestão.

               Groselha pretagroselha preta/FramboesaFramboos_vruchten

As folhas de ambas as plantas dão tisanas de sabor suave, que lembra longinquamente o das suas frutas. A folha da groselha preta, rica em vitamina C, também contém tanino.

Panax_quinquefoliusGiseng (Panax quinqefolium) e chá mu

O giseng, um antigo cura-tudo e afrodisíaco chinês, de que também se diz que é bom para a mente, dá tisanas com sabor a alcaçuz. A sua raiz juntamente com outras 15ervas faz parte do poderoso e aromático mu dos japoneses.

Hortelã (família das labiadas)hortelã verde

Muito apreciado entre os árabes, a hortelã serve-se quente, num copo, com um raminho de hortelã fresca. É uma bebida refrescante, estimulante e boa para a digestão. Entre as suas muitas variedades estão a hortelã vulgar, de frescura mentolada, que dá uma infusão forte, e a aromática hortelã verde.

Marcela (Anthemis nobilis)Chamaemelum_nobile_-_Köhler–s_Medizinal-Pflanzen-012

As flores secas da marcela ou camomila romana dão uma
tisana bastante amarga, mas calmante, excelente para assentar o estômago.

Mate (Ilex paraguensis)erva-mate

A bebida feita com as folhas secas e esmagadas desta árvore tropical é favorita dos Sul-americanos. Conhece-se também como erva-mate ou chá paraguaio e pode beber-se quente ou fria.

Melissa ou erva-cidreira (Melissa officinalis)Erva cidreira

Os antigos gregos acreditavam que prolongava a vida; o certo é que dá uma bebida deliciosa, com sabor a limão e refrescante.

 

Mil em rama (Achillea millefolium)Achillea_millefolium_corimbo

As suas folhas verdes plumosas e as suas flores brancas dão uma tisana adstringente e amarga, que na opinião dos franceses tem propriedades estimulantes.

Misturas de chás

Talvez não surpreenda ninguém o facto do centro do comércio do chá se encontre em Londres. Ali, as firmas comerciais baseiam os seus pedidos no veredicto dos provadores de chás, que prestam muita atenção ao aspecto, sabor e aroma. Porque, embora não haja mais do que três tipos básicos de chá, há algo como três mil misturas comerciais.

Dadas as flutuações de preços e disponibilidade de matéria-prima de um ano para o outro, os principais manufacturadores de chá comercializam principalmente produtos que são misturas nas quais intervêm umas quinze ou vinte variedades. Destas misturas, as mais distinguidas incluem o chá English Breakfast, tradicionalmente um Keemun, mas que na actualidade é, mais provavelmente uma mistura forte de chás da Índia e do Ceilão; o Irish Breakfast, cingalês de cultivo de altitude misturado com Assam; o Russian Style, conhecido também como Russian Caravan ou Russian Blossom, que é uma mistura de Keemun, Assam e chá verde da China, adequado para o samovar, e o Uva, um Ceilão misturado, de cor dourada na infusão e de bouquet nitidamente floral.

Outra mistura bem conhecida é o Earl Grey, assim chamado porque se dizia que em 1830 o seu segredo foi confiado por um mandarim chinês ao conde Grey, quem o mandava preparar em Londres por um comerciante da sua confiança. O Earl Grey é uma mistura de chás indianos e orientais aromatizados com bergamota. Ideal para tomar ao fim da tarde, dá uma infusão pálida e transparente de sabor ligeiramente cítrico, como que a recordamos do quão bem combinam os citrinos com o chá.

As marcas com especiarias que se encontram no mercado, como o Constant Momemt, com sabor a laranja, muito popular nos Estados Unidos, são geralmente chás do Ceilão aos quais se juntou cravo de cheiro e casca seca de laranja ou de limão, alguns chás também podem ficar deliciosos aromatizados com canela, anis ou cardomomo.

O chá japonês de três anos, conhecido também como kukicha, é um chá natural sem cafeína, feito com as folhas e os raminhos com três anos do arbusto do chá. É bom para beber lentamente depois das refeições.

Roseira bravaRoseira-brava (família das rosáceas)

Os frutos da roseira-brava dão um chá doce e adstringente, popular pelo seu elevado teor em vitamina C. Com pétalas de rosa também se prepara um chá muito odorífero.

Sabugueiro Sambucus_nigra-fruit001

Na Europa (Sambucus nigra),

 Na América do Norte (Sambucus canadensis)

As suas flores, frescas ou secas, figuram em muitas tisanas tradicionais. Preparado em tisana é de cor de mel e ligeiramente amargo.

Tília (Tilia vulgaris) tília americanatilia americana

Com as suas flores secas aromáticas prepara-se uma tisana muito relaxante, que se pode beber quente ou fria, aromatizada com limão. É um líquido pálido e ambarino. Com as folhas também se pode preparar um bom chá.

Fonte da imagem Monarda: http://it.wikipedia.org/wiki/Monarda

Fonte da imagem Calendula: http://pt.wikipedia.org/wiki/Calendula_officinalis

Fonte da imagem Chá Oolong: http://pt.wikipedia.org/wiki/Oolong_(ch%C3%A1)

Fonte da imagem Chá preto: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ch%C3%A1_preto

Fonte da imagem  Chá verde: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ch%C3%A1_verde

Fonte da imagem Bela-luísa: http://pt.wikipedia.org/wiki/L%C3%BAcia-lima

Fonte da imagem Framboesa: http://pt.wikipedia.org/wiki/Framboesa

Fonte da imagem Groselha preta: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cassis

Fonte da imagem Ginseng: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ginseng

Fonte da imagem Hortelã verde: http://pt.wikipedia.org/wiki/Hortel%C3%A3-verde

Fonte da imagem Erva mate: http://pt.wikipedia.org/wiki/Erva-mate

Fonte da imagem Melissa: http://www.plantasonya.com.br/wp-content/img/melissa-officinalis.jpg

Fonte da imagem Roseira brava: http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://bam-international.com/bam/homepage/bam-shop/catalog/images/roseira%2520brava.jpg&imgrefurl=http://arrozcomtodos.blogs.sapo.pt/165936.html&h=480&w=640&sz=39&tbnid=We9ZvKi69Rlc8M:&tbnh=90&tbnw=120&prev=/search%3Fq%3Droseira%2Bbrava%26tbm%3Disch%26tbo%3Du&zoom=1&q=roseira+brava&usg=__BBWx5sQGbuvLRFdf_rhl0WhVvDk=&docid=ngHgYVTAwvnpWM&hl=pt-PT&sa=X&ei=c9b5UPPGO4rNhAfnl4H4BA&ved=0CDIQ9QEwAQ&dur=7097

Fonte da imagem Sabugueiro: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sabugueiro_(bot%C3%A2nica)

Fonte da imagem Tilia americana: thesitegardener.com

Sobre JNascimento

Kota amante da boa mesa e da boa música
Esta entrada foi publicada em Chás e Tisanas. ligação permanente.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s