Caracóis


Caracóis terrestres

Caracol 1Caracol 2Caracol

Caracoleta 1Caracoleta 3

Os caracóis são molúsculos gastrópodes terrestres. O nome caracol vem do Latim cochleolus. Em certas zonas de Portugal e no Brasil o nome caracol utiliza-se sobretudo para as espécies terrestres, enquanto que para as espécies aquáticas se utiliza o termo caramujo.

As diversas espécies distinguem-se principalmente pela concha. Concha essa que é feita de calcário e pesa cerca de um terço peso do total do animal.

Pode caminhar cerca de 5 metros por hora. Não ouve e pouco ou nada vê. Respira por pulmões. Utiliza os sentidos do tacto e do olfacto que se situam por todo o corpo mas principalmente nas antenas mais pequenas. Os olhos situam-se nas antenas maiores.

São muito apreciados em Portugal e em vários países. Também em França e em Itália, onde lhes chamam escargots e lumachi respectivamente.

São sobretudo herbívoros. Alimentam-se sobretudo à noite. Consomem por dia, cerca de 40% do seu peso em alimentos. Passam vários dias, mesmo meses sem se alimentarem em clima quente e seco.

As principais espécies de caracóis comestíveis são: –

– Escargot Petit Gris (cinza pequeno) – Helix aspersa = caracol comum

– Escargot Gross Gris (cinza grande) – Helix aspersa = o gigante da Argélia

– Escargot Gross blanc (branco grande) – Hélix pomatia = o caracol dos vinhedos ou escargot de Bourgogne.

– Escargot turco (ou caracol dos bosques) –

Fonte das imagens

Sobre JNascimento

Kota amante da boa mesa e da boa música
Esta entrada foi publicada em Mariscos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.