Sêmola


Sêmola

É trigo na sua etapa intermédia, entre grão e farinha. Na primeira moedura o grão de trigo divide-se em farelo, germe e endosperma, que é a parte farinácea do grão. Por sua vez, as primeiras moeduras do endosperma, de uma cor amarela cremosa, dão o que se conhece como sêmola.

Quando a moedura é mediana, a sêmola usa-se para fazer doces, desde pudins de leite e frutas até certas massas italianas, redondas e muito doces, que se preparam fervendo primeiro a sêmola e depois misturando-a com uvas, nozes e mel. A de moedura mais fina usa-se para preparar certo tipo de gnochis italianos. A sêmola de trigo duro usa-se comercialmente para fazer massas, mas não é adequada para a preparação de massas caseiras. (para fazer massas em casa deve usar-se farinha branca natural). Com a moedura mais grossa, faz-se cuscuz, parte do excelente prato do mesmo nome popular do Norte de África. A sêmola para cuscuz pode comprar-se pré-cozida.

Sobre JNascimento

Kota amante da boa mesa e da boa música
Esta entrada foi publicada em Cereais com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.