Arquivos Mensais: Setembro 2014

O striptease não é para todos


Aventar (imagem via Quem não offshora não mama) Passos Coelho, um homem tão remediado, mas tão remediado que ainda há uma semana não se lembrava se tinha ou não recebido dinheiro da Tecnoforma/CPPC, tal era o seu grau de remedeio, afirmou … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Mudar (o Novo Estado de Passos Coelho)


Mudar (o Novo Estado de Passos Coelho).

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Isto vai acabar mal


Aventar A Tecnoforma, e suspeito que a tal ONG à qual Passos Coelho esteve ligado não andará muito longe, jamais produziu ou comercializou qualquer bem ou serviço relevante, mas foi conseguindo através de influencias mais ou menos obscuras de favorecimento … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

A Porta de Duchamp e Passos Coelho


Publicado originalmente em Praça do Bocage:
Quando vivia em Paris, no pequeno apartamento da rua Larrey, Duchamp fez instalar dentro de casa uma porta que não podia estar aberta nem fechada porque estava sempre aberta e fechada ao mesmo…

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Pedro Passos Coelho – Best of 2010-2011


Pedro Passos Coelho – Best of 2010-2011.

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Batata-doce


Batata-doce A batata-doce de nome científico Ipomoea batatas, é uma raiz doce originária dos Andes que nada tem a ver com as batatas normais. Em Portugal, é produzida quase em todo o país, mas é sobretudo em Aljezur, aqui no … Continuar a ler

Publicado em Alimentação e saúde | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Hoje é dia de barrela


Aventar Passos recebeu mas eram despesas de representação e cartões de crédito. Não tinham de ir para o IRS. Não estava em exclusividade, estava em exclusividadezinha. View original post

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Critérios


Critérios.

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Gémeos


Aventar A defesa de Passos Coelho é um clássico nacional: tal como Salazar não enriqueceu. Faz sentido: ambos têm igualmente em comum terem ajudado a enriquecer uns poucos à custa de tantos. View original post

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Portugal Surreal – Passos, Tecnoforma e trafulhice


Portugal Surreal – Passos, Tecnoforma e trafulhice.

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário