Paris-Dakar sem Paris nem Dakar


Praça do Bocage

Paris Dakar

Amanhã começa o Paris-Dakar, trasladado do continente europeu e africano para a América do Sul. Tudo uma questão de marca, como quase tudo neste nosso mundo pós-moderno. Mundo mais virtual que real, nada substantivo, que vive do que nos é vendido por verdade e importante, mesmo que não tenha qualquer significado. Como tudo é cinicamente permitido, alimenta-se de eventos, de todas e cores e feitios, ocupando os promotores desses acontecimentos um lugar central na sociedade, lugar equiparável ao do baixo clero na Idade Média. São muitos e diversos os sucessos para fazer circular o sangue perverso nos corpos mórbidos das confrarias que existem, para lhe soprarem vida. São as festas glamorosas, os festivais de música pronta a ouvir e esquecer. As corridas, com ou sem recurso ás máquinas, contra nada. A política esvaziada de sentido praticada por políticos sem ideias nem ética. O quotidiano medido…

View original post mais 1.124 palavras

Anúncios

Sobre JNascimento

Kota amante da boa mesa e da boa música
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s