Filhos e enteados


Praça do Bocage

A ministra das finanças, Maria Luís Albuquerque, que, não esqueçamos, foi a cabeça de lista do PSD por Setúbal nas legislativas de 2011, decidiu, como se pode ler hoje no jornal “Público”, aumentar alguns dos seus funcionários, que, afinal, são apenas funcionários públicos como todos os outros, que nos últimos três anos perderam salários, subsídios de férias e de natal e, entre outras tropelias, foram impedidos de progredir na carreira.

Eis como algo que, à partida, pode ser classificado como justo, se pode transformar em algo absolutamente injusto. A ministra das finanças conhece certamente as especificidades da carreira em causa, as exigências técnicas e académicas e os requisitos que estes técnicos têm de cumprir. O problema é que por toda administração pública e autárquica também há carreiras assim que não merecem a mesma atenção. Vale a pena perguntar por que razão os técnicos que, nas autarquias, por exemplo, lidam…

View original post mais 120 palavras

Anúncios

Sobre JNascimento

Kota amante da boa mesa e da boa música
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s