Génios confusos


Belo texto. Será que não podemos ser mais simples? Menos complicados? Ou gostamos de nos complicar?

tempestadideias

Génios confusos

Não me sabia tão complicado. A verdade é essa. Vivo dias loucos, entre andanças e desventuras, levado pelos moinhos dos meus pensamentos, até que me deparo com situações destas.

Não me sabia tão complicado.

É a densidade do pensamento, como um rio em enxurrada, que me aflige. Quero parar, suster o tanto que me corrói e complico tudo. Complico cada vez mais. E mais. Não compreendo se é o azul, o do céu ou do mar, que se enubla, mas quando atinjo o que muitos desejavam atingir sinto-me vazio. É uma saudade do que nunca tive, é um pensamento que me foge para o que ainda poderei ter. Não sei explicar bem. Quero estar sozinho, perceber-me e melhorar-me, mas quero estar cheio de gente, e ser muita gente. Quero controlar os meus medos, arquivar os meus receios e esculpir as minhas ambições. Quero orquestrar o meu plano. Desenhá-lo ou esculpi-lo…

View original post mais 187 palavras

Anúncios

Sobre JNascimento

Kota amante da boa mesa e da boa música
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s