Eternamente jovens?


THE POSTERIORI NEWS

Qual é o maior fator de risco para contrair doenças mortais? O tabaco, a radiação ultravioleta do sol, o sedentarismo, encher-se de açúcar? Nada disso: é o envelhecimento. Por essa razão, e porque a expectativa média de vida está a aumentar nos países ocidentais e nas potências emergentes, a Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê que o número de pessoas que sofrem das doenças da idade —enfarte, cancro e neurodegeneração— vai dobrar nas próximas duas décadas. Que vantagem tem, então, viver cada vez mais?

A pergunta esconde uma armadilha. A expectativa média de vida, de fato, está a aumentar nos países ocidentais a uma taxa de dois anos e meio por década, 25 anos por século. Mas a principal causa disso são as melhoras progressivas no tratamento do enfarte, que continua a ser o grande busilis das sociedades desenvolvidas.

Mas há outra forma de viver mais, pelo menos em princípio: uma forma…

View original post mais 1.059 palavras

Sobre JNascimento

Kota amante da boa mesa e da boa música
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s